Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Início, meio e fim

por rita, em 02.11.15

Desde que nascemos que aprendemos que tudo tem um ínicio, um meio e o fim.

A santíssima trindade da vida, contada e recontada em contos de fadas, romances da literatura, dramas da sétima arte.

Um trabalho e uma casa, tudo fica completo, com um fim.

Tudo começa, tudo se desenvolve, tudo acaba. O bom e o mau, tudo acaba.

E quando acaba preenche-nos um vazio, uma falta de sentido e questionamos: e agora, o que faço?

 

Mas não deveria ser assim.

 

Nós seres humanos temos um princípio e um fim mas toda a nossa vida é um meio. Frustra-nos o fim de algumas coisas. Resistimos a mudança mas as coisas não acabam - elas apenas mudam a nossa vida para outras paragens, outras pessoas, outras aventuras.

 

Eu tenho um começo e certamente terei um fim, mas por agora tudo aquilo que me acontece é um desenvolvimento. Não estou estanque no tempo.

Não sou uma secretária montada.

Não sou um projecto finalizado.

Não sou um produto pronto.

 

Eu sou uma continuidade, uma continuidade de continuidades, uma a seguir à outra, mudando, transformando, alterando, crescendo, vivendo.

 

Início. Meio. O fim logo se vê.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:10



Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D


Pesquisar

  Pesquisar no Blog